30 de julho de 2009

Calem-se...pregadores da prosperidade

10 comentários

Como se não bastasse redefinir a fé como uma força, endeusar o homem e atacar a expiação de Cristo sobre a cruz, o movimento da Fé também conhecido como Neopentecostalismo, transformou o Evangelho da graça num evangelho da ganância.


Jesus nos advertiu: "Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui" (Lc 12.15). A ordem do Mestre continua sendo a mesma: "Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça.". (MT 6.33)

Como as palavras de Cristo diferem da mensagem dos mestres da Fé. Essa gente vive, incansavelmente, perseguindo a idéia de que a prosperidade material faz parte dos direitos divinos de cada crente. Esse tipo de "cristianismo" é pouco mais que uma forma de ganância, porém rebatizada e revestida duma fina camada de verniz "cristão". Como resultado dessas pregações temos uma fé egoísta e individualista.

Cristãos estão sendo transformados em função da nossa cultura e não por Cristo. A busca pelo reino de Deus e sua justiça tem sido substituída pela busca de nosso próprio reino e tudo quanto pudermos pôr as mãos. Os pregadores da prosperidade estão tão decidios a apresentar um Jesus que usa relógio Rolex que fazem qualquer coisa para vender esse mito a seus congregados. Gostam de apresentar um Jesus rico e com muitos recursos financeiros.

A verdade é que Cristo não veio nos trazer prosperidade financeira, mas redirecionar nossa atenção para valores eternos. Até mesmo agora as palavras do Mestre tinem com sua autoridade divina: "Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem.. (Mt 6.19,20). Certa vez Tiago (irmão de Jesus) afirmou: "As vossas riquezas estão apodrecidas.. O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram...Entesourastes para os últimos dias (Tg 5.2,3).

A Bíblia está repleta de exemplos que declaram a pobreza dos ensinos do movimendo da Fé tanto as riquezas, como em relação às necessidades. Os mestres da Fé de nossos dias não têm ajustado seus ensinos às antigas Escrituras. Pelo contrário, têm conformado a si próprios.

A Palavra de Deus nos recomenda a não nos moldar aos padrões deste mundo, mas sermos transformados mediante a renovação da mente, Somente então seremos capazes de experimentar qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12.2).

Não há como negar que os pregadores da prosperidade ensinam um estilo de vida assinalado pela auto-indulgência e pelo egoísmo, em oposição a um estilo de vida abnegado e altruísta. A diferença entre servir ao próprio "eu" e servir ao Salvador é a diferença entre a conformidade cultural e a conformidade com Cristo. Jesus manifestou-se melhor sobre isso quando disse: "Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo ... (Lc 9.23)

Uma cruz não pode rodar tão bem quanto uma BMW, mas no fim o levará muito mais longe.

Pr Elder Cunha

Comments

10 comments to "Calem-se...pregadores da prosperidade"

Pr Fabio disse...
12 agosto, 2009 02:43

Parabéns pelo blog!
Meu amigo e irmão Pr Élder, que saudades de vc's. Espero que todos estejam bem.
Fico feliz em vê-lo defendendo com tanto rigor a Palavra do Senhor, porque os pastores da prosperidade terão que dar conta da sua mordomia à Deus. Agora eles tem até jatinho, e milhares de pessoas bem debaixo no nosso nariz, aí mesmo no Brasil ainda passam e morrem de fome.
Pr Élder quando vamos ter o privilégio se Deus quiser de abrir nossa 3ª igreja MCR.
Um grande abraço e fique com Deus!

Danilo Fernandes disse...
13 agosto, 2009 15:02

Pastor Elder!

O Genizah está sofrendo serios problemas de lentidão na barra lateral... Sendo assim, estou eliminando a maioria dos banners do site.

Como a sua parceria me é cara pela admiração ao seu trabalho e sua pessoa, estou transferindo seu link para o blogroll que é tão efetivo quanto, ou mais segundo os meus parceiros, já que mostra a atualização, manchete, etc.

Blogroll "Links suspeitos". Todos os meses faço rodizio com o blogroll comparsas!

Um abraço

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Voce foi citado nesta matéria

http://pavablog.blogspot.com/2009/08/festa-no-genizah.html

e nesta

http://www.genizahvirtual.com/2009/08/festa-no-genizah-vem-comer-bolo-comigo.html

PLAVRAS DE DEUS disse...
14 agosto, 2009 06:10

Caro Pastor, que a paz de nosso Senhor esteja contigo.
Este seu artigo diz tudo o que precisa ser dito, contra os lobos famintos que usam a palavra do Senhor, para amealhar tesouros na terra.

abraço

emanuel

Elder Sacal Cunha disse...
17 agosto, 2009 20:50

Olá meu grande amigo e irmão Pr Fábio Hombo,
Uma palavra apenas expressa todo o meu sentimento por ti:
SAUDADES!

amamos muito você e sua fam´lia e sentimos sua falta a todo momento.

Que o Senhor Jesus a cada dia derrame sobre ti o seu poder e renove suas forças para que, sempre, pregue com ousadia a sua Palavra

Pr Elder

Presbitero Daniel Soares disse...
21 agosto, 2009 16:03

Graça e paz da parte daquEle que vive e reina eternamente - Jesus Cristo!
Amado pastor não irei aqui acrescentar nenhuma palavra a mais do que o senhor, com muita determinação, já colocou. Mas só tenho a dizer-lhe que concordo com suas palavras.
Abraços pastor.
De seu irmão em Cristo.

Marcelo e Eunice disse...
13 setembro, 2009 00:13

parabens pelo post

abraços


Marcelo eee Eunice

Broder James disse...
23 dezembro, 2009 22:14

Oi pastor, a paz do Senhor! Realmente, há uma ênfase excessiva em muitas igrejas na busca por bens materiais. Exponho um resumo do que penso sobre o assunto no post "Adore o dono da benção", o qual te convido a ler no www.broderjames.wordpress.com/2009/12/21/adore-o-dono-da-bencao/

Grande abraço, na fé, Broder James

Anônimo disse...
29 janeiro, 2010 20:32

Em todas as igrejas de modo geral é pregado que cristão é alegre, mas nem todos tem alegria. É pregado sobre cura mas nem todos são curados. É pregado sobre santidade mas nem todos a tem. É pregado sobre amar ao proximo mas a maioria não tem. É pregado sobre a comunhão com os irmãos mas nem todos tem. A mesma coisa é a prosperidade, alguns alcançam e outros não.

Diego Batista disse...
19 fevereiro, 2010 19:26

mta paz irmão.

excelente blog, ja sou seguidor e estarei pegando seu baneer e fazendo parceria, espero sua visita em meu blog um abraço..

Diego Batista
http://conversandocomiave.blogspot.com/

Sarinha disse...
31 março, 2010 16:14

Shalom, Pastor Elder!

Sou bacharelanda em Teologia e gostei muito desse artigo pois discute algo que infelizmente já contaminou os púlpitos e bancos da Igreja. Um aspecto bastante hediondo de toda essa adequação espúria da Palavra aos interesses particulares é que(além de jsutificar a autênticidade da opulência em que vivem alguns pastores)direcona alguns crentes á negarem o poder redentor de Jesus Cristo em suas vidas, simplesmente por que são pobres. Toda essa sujeira vem criando uma série de crentes com baixa auto-estiman já que a atual conjuntura social do Brasil não permite que a maioria estacione nas "garagens de suas mansões" carros e luxo para toda a sua própera família! Absurdo! Deturpação! Vergonha!Parabéns por escrever com tanta propriedade a respeito da Palvara inerrante que nada prega sobre a riqueza financeira como consequência da presença genuína de Deus na vida de alguém!

Sara.

On Line

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 

Copyright 2008 All Rights Reserved Revolution Two Church theme by Brian Gardner Converted into Blogger Template by Bloganol dot com

^