30 de abril de 2009

Desmascarando G-12

18 comentários

Queridos leitores a cada manhã somos surpreendidos com novas práticas, que nada têm haver com o que Cristo nos ensinou. O homem e sua devasta imaginação, acaba criando ensinamentos que distorcem, totalmente, a Palavra de Deus. São práticas que tiram a “Simplicidade” do Evangelho e distanciam as pessoas da Graça de Deus.

Vários segmentos evangélicos não se contentam mais com a antiga doutrina pregada pelos apóstolos e pais da Igreja — mais tarde defendida pelos Reformadores — e vivem numa busca constante de novidades e modismos doutrinários. Nos últimos anos, vimos vários ensinos e práticas controvertidos invadirem os púlpitos e infestarem a mídia evangélica, tais como: quebra de “maldições hereditárias”, “cura interior”, “confissão positiva”, “espíritos territoriais”, “mapeamento espiritual”, cultos de “libertação”, “galacionismo” (a tentativa de levar a Igreja à práticas e ensinos do Velho Testamento, como a guarda do Sábado e das festas de Israel), dentre muitos outros.

Uma das últimas novidades a invadir o arraial evangélico brasileiro chegou da Colômbia. Denominado G 12, esse é um movimento que propõe o crescimento das igrejas através de células, com reuniões nas casas. O principal protagonista do G 12 é César Castellanos Domínguez, líder da Missão Carismática Internacional, com sede em Bogotá. Entre 1989 e 1990, sua esposa Cláudia (com quem se casou em 1976) .

Castellanos conta que depois de sua experiência com Cristo e de trabalhar como evangelista nas ruas de Bogotá, teve a oportunidade de pastorear pequenas igrejas, durante nove anos de ministério. A última delas só tinha 30 membros quando ali chegou, alcançando dentro de um ano, o número de 120 membros. Insatisfeito com os resultados conseguidos nessa igreja, ele renunciou ao pastorado.

Em fevereiro de 1983, enquanto passava férias numa praia colombiana, diz ter tido uma experiência com Deus, que o chamava para pastorear. No mês seguinte, iniciou na sala de sua casa a Missão Carismática Internacional, com apenas oito pessoas. Traçou depois um alvo para atingir o número de 200 membros. O líder colombiano confessa que foi grandemente influenciado por David (Paul) Yonggi Cho, da Coréia, que já vinha adotando por várias décadas o sistema de crescimento de igreja em células (também chamado de grupos familiares). Atualmente são muitos milhares que formam a família da igreja na Colômbia. Para o final de 1997, a meta de Castellanos era ter 30 mil células e 100 mil grupos. No ano 2000, seu alvo é ter um milhão de membros.

Já existem no Brasil várias pessoas e ministérios que abraçaram a visão de César Castellanos. Os que mais se destacam são Valnice Milhomens, muito conhecida pelos seus programas de TV, e Renê Terra Nova, líder da Primeira Igreja Batista da Restauração, em Manaus. A exemplo de Valnice, Renê já pertenceu também à Convenção Batista Brasileira. Valnice explica sua ligação com a Colômbia:

"Tendo a convicção de que o modelo de Bogotá era a base para o modelo que Deus tem para nós, temos retornado às convenções para beber da fonte. Cremos que Deus deu ao Pr. César Castellanos o modelo dos doze que há de revolucionar a igreja do próximo milênio, pelo que o abraçamos inteiramente, colocando-nos sob sua cobertura espiritual dentro dessa visão revolucionária, fundada na Palavra de Deus. Tendo sido ungida como um de seus doze internacionais, estamos, como igreja, comprometidos em viver essa visão."

POR QUE G 12?

César Castellanos explica porquê:

"Pedi a direção do Senhor, e Ele prometeu dar-me a capacidade de preparar a liderança em menos tempo. Pouco depois abriu um véu em minha mente, dando-me entendimento em algumas áreas das Escrituras, e perguntou-me: ‘Quantas pessoas Jesus treinou?’ Começou desta maneira a mostrar-me o revolucionário modelo da multiplicação através dos doze. Jesus não escolheu onze nem treze, mas sim doze."

Outros exemplos bíblicos são citados, como as 12 pedras no peitoral do sacerdote (Êx 28.29); também com 12 pessoas Jesus alimentou as multidões. Para reforçar o argumento de Castellanos, Valnice acrescenta:

"Podemos notar que o número doze, nas Escrituras, é o número de autoridade e governo… O dia tem 24 horas, que são dois tempos de doze. Cada ano tem doze meses. O relógio não pode ser de 11 ou de 13 horas. Deve ser de doze horas, para que possamos administrar o tempo. Não foi um capricho de Jesus escolher doze homens. Ele sabia que estava ali a plenitude do ministério. Os fundamentos requeriam doze apóstolos."

Penso que não há necessidade de se criar algo místico ao redor do número doze, pois há outros números na Bíblia que também despertam a atenção.

COMO FUNCIONA O G 12

A igreja se divide em pequenos grupos denominados células. As pessoas são evangelizadas através das células, das reuniões na igreja ou de eventos evangelísticos. Depois de evangelizadas, começa o processo de consolidação. O novo adepto responderá um questionário chamado mapeamento espiritual, com uma grande variedade de perguntas sobre o passado da pessoa e de seus familiares. Algumas perguntas são bastante constrangedoras. Tal questionário vai dar ao líder da célula ou ao discipulador uma visão da jornada espiritual do novo discípulo. Em seguida, ele será levado a participar da célula, passando a construir novos relacionamentos.

Após esse processo inicial, a pessoa é estimulada (e muito) a passar pelos seguintes estágios:

1. Pré Encontro: Constituído de quatro palestras preparatórias para o encontro de três dias. Nessa fase, o discípulo recebe orientações sobre a Igreja, o senhorio de Cristo, mordomia e batismo.

2. Encontro: Um retiro espiritual de três dias, onde a pessoa receberá ministração nas áreas de arrependimento, perdão, quebra de maldições, libertação, cura interior, batismo no Espírito Santo e a visão da igreja. Cerca de 100 pessoas (jovens, mulheres, homens e crianças) são separadas um ou dois meses após a sua entrega na igreja e são levadas a um lugar distante do contexto familiar para serem ministradas. Para César Castellanos, o encontro equivale a todo um ano de assistência fiel à igreja.

3. Pós Encontro: Quatro palestras para consolidação das vitórias alcançadas no Encontro.

4. Escola de Líderes: Formação em três estágios de três meses cada, para se tornar líder de célula e de grupo de doze.

5. Envio: Quando alguém começa uma célula de evangelismo a partir de três pessoas, tornando-se líder de célula. Depois de sua célula consolidada, ele começa a formação do seu grupo de doze para discipulado, tornando-se líder de doze. Consolidado seu grupo de 12, ele estimula a cada um a formar seu grupo de doze. Surge então o líder de 144, e assim por diante.

PRÁTICAS ESQUISITAS

Não há nada de errado em dividir a igreja em células ou grupos familiares para reuniões nos lares ou outros locais. Muitas igrejas ao redor do mundo têm feito isso e até com bons resultados. Dependendo da região ou da cultura onde se aplica o processo, pode ser uma boa idéia ou não.

Um dos problemas em relação ao G 12 é a inserção de práticas, conceitos e ensinos nada bíblicos, tais como quebra de maldições hereditárias, cura interior, mapeamento espiritual, escrever os pecados em pedaços de papel e queimá-los na fogueira, revelações extra bíblicas, PERDOAR A DEUS ( a pessoa deve perdoar aqueles que tenham lhe causado sofrimento, sem esquecer de ninguém, nem mesmo Deus).

Outra coisa intrigante é a proibição taxativa de se relatar o que se passa nos encontros. Quando conversamos com algumas pessoas que participaram desses encontros, elas afirmam uma única coisa: “o encontro é tremendo”. Observe uma das normas do Encontro: “Não se pode mencionar muitas coisas sobre o Encontro, porque o mesmo trás consigo muitas surpresas e todos os seus participantes comprometem-se a não revelar absolutamente nada do que receberam lá”.

Acho isso realmente muito estranho. Ora, quando alguém recebe bênçãos de Deus, quando Deus faz uma grande obra numa pessoa ou no meio de um povo, o mais natural e bíblico é dar testemunho, é contar o que Deus fez. Tal proibição não tem base bíblica. Ao contrário. Observe a declaração de Jesus diante do sumo sacerdote: “Respondeu-lhe Jesus: Eu falei abertamente ao mundo; sempre ensinei nas sinagogas e no templo, onde todos os judeus se reúnem. Nada disse em segredo” (João 18.20). Paulo escreveu a Timóteo: “E as coisas que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar a outros” (2 Timóteo 2.2). Portanto, não há por que ficar escondendo informações dos demais.

O G 12 assume também uma postura exclusivista. Ele é apresentado como a única tábua de salvação para a igreja, o último movimento de Deus na terra, a única solução para a salvação das almas. É apresentado ainda como a restauração da Igreja segundo o seu modelo original no livro de Atos dos Apóstolos. David Kornfield, da Sepal, declarou:

"Notamos que Deus está produzindo um novo mover do Seu Espírito no seio da Igreja brasileira, à medida que nos aproximamos de um novo milênio. Esse mover do Espírito é tão grande que algumas pessoas o entendem como uma Segunda Reforma. A primeira reforma, deflagrada por Martinho Lutero, tinha a ver com a justificação pela fé e com a salvação individual. A Segunda Reforma celebra e desenvolve a alegria de sermos salvos a nível coletivo; salvos para, reciprocamente, vivenciarmos a alegria da vida em Cristo."

César Castellanos confirma tal exclusivismo ao declarar:

"A frutificação neste milênio será tão incalculável, que a colheita só poderá ser alcançada por aquelas igrejas que tenham entrado na visão celular. Não há alternativa: a igreja celular é a igreja do século XXI." (GRIFO MEU)

Nem certos movimentos e líderes de Deus no passado escapam dos ataques do G 12. Valnice Milhomens denomina a Igreja da época do imperador romano, Constantino, de “igreja política”, dizendo que Constantino relegou oficialmente o vinho novo aos odres velhos das catedrais. Sobre a Igreja Reformada, ela diz que Lutero reformou o vinho (teologia), mas o derramou novamente nos odres velhos. Para ela, o movimento de avivamento procurou reavivar o vinho dentro dos odres velhos. Os pentecostais e os carismáticos derramaram o vinho do Espírito Santo dentro dos odres velhos. Quanto a Igreja em Células, sua opinião é de que Deus está recriando modelos de comunidade de odres novos que preservem o vinho novo em odres novos.

VENTOS DE DOUTRINA

O G 12 deixa muito a desejar no que se refere ao discernimento doutrinário, pois tem sido grandemente influenciado pelos ensinos anômalos de Peter Wagner e de outros na área de batalha espiritual. Peter Wagner é professor da Escola de Missões do Seminário Fuller na Califórnia, Estados Unidos. Entretanto, seus escritos sobre guerra espiritual, como também os de Rebeca Brown, são inaceitáveis à luz da Bíblia.

O G 12 não será o último vento de doutrina a invadir o arraial evangélico. Seus líderes atuais já abraçaram outros modismos no passado, e certamente abraçarão outros que virão. Por esta razão, deixamos aqui um alerta ao povo de Deus: Todo líder, igreja ou ministério que se abre para um vento de doutrina, um modismo doutrinário, ou uma aberração teológica, estará sempre aberto para a próxima onda, quando aquela já arrefeceu.

Leia a postagem: "Reconhecendo uma seita" e faça você mesmo a conclusão sobre G-12

Efésios 4.14 Para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para o outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha de homens, pela astúcia com que induzem ao erro.

Bibliografia e Referência:

Agência de Informações Religiosas

Evangélicos em Crise, Paulo Romeiro

Comments

18 comments to "Desmascarando G-12"

Nathalia Lima disse...
09 julho, 2009 19:06

Amado...Não tente subjulgar as coisas do Senhor.
Cada igreja lhe foi dado um propósito que é de ganhar as almas para Deus nosso Pai.
Se cumprimos com o nosse dever não há porque ficarmos questionando as movimentações alheias...
Jesus não julgava,Jesus amava,perdoava e ganhava.
Que Deus o abençoe.
Pense nisso e peça perdão a Deus por estar proclamando certas coisas que não deveria.
Só Deús pode nos julgar.
Te Amo em Cristo irmão.
Fique com deus

Um Gadita de Deus disse...
25 abril, 2010 13:40

Graça e Paz, irmão, eu não concordo o que vc diz, pq se esse movimento causa um impacto evangelistico tirando muitas gente da criminalidade,das drogas, do alcool, do suicidio, e muitas enfermidades, que dizer que esse mover é de Deus é realmente abençoador e tem conquistado muitas vidas para Deus, e Deus se alegra disso, meu irmão não critique o que Deus pôs mas abençõe o que Deus pq é muito bom fazer discipulo e amar descipúlos. Que a grande paz do nosso Grande Deus esteja contigo !

Anônimo disse...
19 julho, 2010 23:18

Creio que já foi dito tudo o que o irmão necessitava saber.
O Senhor não julgava,o propósito era cumprido. Esse realmente é o mover de Deus pra este século,se não,não estaria dando tão certo e muitas almas sendo alcançada.
Quando o Senhor vier,quantas almas vc ganhou para ele? O tempo que perde criticando quem tem trabalhado de fato no reino e empenhado a alcançar as vidas, poderia estar fazendo a sua parte que com certeza não é criticar quem estar trabalhando para cumprir o Ide de Deus.
No amor de cristo

Anônimo disse...
01 outubro, 2010 15:58

Segundo as passagens que mencionou, esta certo nao deve haver segredos, mais na verdade nao há pra quem o procura, se a pessoa nao abrir a biblia pra ler nao vai entender nada, A mesma coisa é com o encontro, vc tem que ir pra conhecer, Aposto que sairá de lah Respondendo É TREMENDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

maurili disse...
06 abril, 2011 12:28

maurilio sou pastor da i.e.q
irmao vejo que vc e um conhecer da palavra de Deus e preocupa com sua divulgação da maneira mais correta vc esta de parabens p/causa disso, mas quero dizer ao irmao que vc esta completamete equivocado em relaçao ao G12 nao e nada disto que vc julga ser na verdade e um retiro espiritual aonde a igreja passa para buscar a presença dele fora do agito dod dia-dia ninguem e levado ao encontro forçado para quando a pessoa chega la nao e nada disto que alguns dizem por ai. se vc quizer acreditar que estou escrevendo va la para vc ver com que e se vc gostar gloria a Deus se nao gloria a Deus tambem. um abraço de seu irmao em cristo.

Anônimo disse...
15 abril, 2011 18:23

se pois o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres jo 8.36 o g12 posue praticas antibiblicas o q uma boa escola dominical na cual eu me criei resolveria

Anônimo disse...
25 junho, 2011 23:08

A paz e a graça do Senhor Jesus Cristo estejam com os irmãos.
Muito oportuno o artigo do irmão e pastor Elder. Acho muito bom os cultos realizados também nos lares sob o direcionamento de um crente verdadeiramente capacitado mas é necessário denunciar esta novidade, esta doutrina, ou melhor, este vento de doutrina chamado Movimento Igreja em Células que nasceu numa experiência mística com ares de fundamento bíblico e direcionamento divino que veio formar uma igreja hedonista, piegas, pragmática, sincrética, dogmática, sofismática e idólatra da própria "doutrina", onde - num processo absolutamente industrial e humano ao invés do extraordinário trabalho artesanal do Espírito Santo pela simples Palavra de Deus de amor, salvação, justiça e arrependimento - as pessoas são submetidas às experiências psico-emocionais daqueles encontros e reuniões e em seguida são decretadas e contabilizadas convertidas. O resultado é esta geração de, digamos, pseudo-crentes ou sub-crentes: pessoas presunçosas da conversão, presunçosas (e até arrogantes) do conhecimento da Palavra, sem o genuíno arrependimento, sem o novo nascimento, sem o batismo no espírito, completamente leigas e analfabetas da Bíblia e -pasmem!- direcionadas a pastorear grupos de leigos também. O resultado também é um grupo de pastores que não conhecem suas ovelhas nem pelo nome por que viraram verdadeiros gestores de igrejas-empresa com milhares de crentes-cliente e pastores que nunca sabem o que anda acontecendo na sua congregação e que não pastoreiam ninguém por que estão sempre viajando em congressos e simpósios onde sempre eles discutem como consertar e tapar os buracos desta canoa furada chamada Movimento Igreja em Células. Uma canoa furada que navega em ventos de doutrina e que vai naufragar na fé!
Irmão José Geraldo - Belo Horizonte

"para que não sejamos mais como meninos, agitados de um lado para o outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro." Ef 4:14

crie uma conta no blogger disse...
26 julho, 2011 01:00

A paz pastor... gostei muito, a igreja precisa saber o que ta acontecendo no nosso meio.
muitas heresia, se espalhando meio evangelico, o g2 pra mim é uma farsa, e precisa ser desmascarada, biblia diz que agente, nao podemos pregar o que está alem da escritura,pq se torna maldiçao, nao podemos ser contra verdade mas, a igreja ela é a coluna efirmeza da verdade. ta de parabens.

Anônimo disse...
26 setembro, 2011 15:43

vcs irmãos deverião abrir os olhos ,nos estamos no fim dos tempos,vc pastor Elder Sacal está completamente certo tem pessoas ki parece qui está lendo abíblia de cabeça para baixo gente abra os olhos para a realidade esse povo é um bando de endemoniados

Antonio Lima disse...
01 fevereiro, 2012 01:39

se ganhar vidas para Jesus for heresia não entendo mais nada visão celular, otima ferramenta, otima estratégia, passe pelo encontro e tire suas conclusões...
para falar alguma coisa a respeito... visite uma célula, faça uma escola de lideres e ganhe uma vida pois haverá muita alegria no céu...Visão celular é amar o próximo.. somos assim mesmo..


Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal....

Anônimo disse...
16 março, 2012 21:37

Bom, analisando os comentários, cheguei a conclusão que nenhum de vcs conhecem a bíblia, estude mais um pouco, G12 é uma coisa que parece mais não é, nem tudo que reluz é ouro, cuidado vc pode estar indo para o inferno convicto que está sendo salvo...

Geraldo Alves disse...
23 outubro, 2012 13:08

Jesus nunca se importou com quantidade, mas sim com a qualidade, então por isso que ele disse que aquele que estiver em Nele e não der frutos é cortado e lançado fora, e que importa que nasçam novamente pelo espírito. Então por quê o indice de divorcio, homicidios, etc... tem crescido entre o meio envangélico? porque eles tiveram apenas um encontro superficial com Cristo, no momento da dificuldade o irmão deu uma Palavra e ajudou-o, e Glória a Deus. Deus é provisão, Deus é vitória, Deus é cura, mas esquecem de falar que Deus é SENHOR, Deus é Justiça, pois uma cura, uma vitória não implica dizer que esta vida está salva, mas pelo arrependimento e pela sua crença em Cristo Jesus, recebendo o Seu Senhorio, apartir dai sim, pode espera que uma nova natureza vai nascer na vida desse crente, mas como acolher milhões de milhões e milhares de milhares, se o pastor é só um. Para quem ainda não sabe a igreja é um hospital onde diariamente somos curados. E outra, como nascer denovo, se não for curado das feridas do passado, se o próprio Paulo por intermédio do Espírito Santo disse, que Eis que Ele faz nova todas as coisas? e sobre quebra de maldição, o que vc acha que foi aquela chacina começando quando Amnon violenta sua irmã Tamar, se isso não foi uma maldição hereditária do pecado de Davi com Bate-Seba? Existem muitos falando de algo que não conhecem. Aquele que nasce da carne é carne, e o que nasçe do Espírito é espírito, então saiam da dimensão da carne, e vivam na dependencia do Espírito de Deus. O que Jesus quer é ver o fruto do Seu penoso trabalho, a manifestação dos frutos do Seu Espirito brotar em cada vida. Se é difícil um pai e uma mãe educar um filho, ensinar os princípios, então imagine cuidar de uma multidão inteira, para que estes não venha a morrer sem alimento espiritual, pois a letra mata, mas o espírito vivifica, somente um cuidando de um pequeno grupo, e o membros destes, cuidando de outros, até o mundo todo ser alcançado pela Palavra de Cristo Nosso Senhor. Q YHWH abenço e guarde a vida de cada um de vc´s. Amém.

Anônimo disse...
20 novembro, 2012 01:18

Acho que vc está completamente equivocado. G12 é uma benção, uma estrategia de conquista muito eficaz ao contrario das igrejas da estrutura antiga que infelizmente nao ganham mais vidas pro reino. Ao invés de ficarem julgando vcs deveriam aderir a pratica de conquista e mergulhar nessa unção pra verem o poder de Deus na igreja de vcs. Shalom Amo vcs tb.A proposito Encontro é realmente TREMENDO. fique na curiosidade pra saber o que acontece la.

ARKANJO disse...
24 janeiro, 2013 15:04

Jesus disse para irmos e pregarmos a palavra de Deus, tb disse que curariamos os enfermos e expulsaríamos demônios e faríamos grandes milagres e maravilhas maiores que as que ele fez. Também disse para fazermos discipulos de Cristo, para darmos frutos e cuidar deles para que permaneçam. Se essa é apalavra de Deus, pelo que discutem ? Deus nos fez a todos iguais, nem mais, nem menos que os outros ! Não tem como estar em cima do muro, ou serve ao único Deus vivo, ou ao chamado deus secular (satanás) o deus desse século. Deus nos fez sua imagem e semelhança e a única escolha a ser feita é essa: Passar a eternidade com Deus, no céu, ou com satanás no inferno. A escolha é sua !

Anônimo disse...
05 fevereiro, 2013 18:11

a palavra de Deus diz: no final dos tempos muitos falsos profetas aparecerão... agora tire sua conclusão do século 21

Anônimo disse...
29 abril, 2013 19:07

Eu vejo que essa pessoa esta equivocada,porque buscar ensinar a palavra de Deus,de Cristo e o arrependimento com batismo das aguas e do espírito santo não é heresia e ceita,porque o espírito de Deus não é rejeitado e muitas das palavras aqui ditas são meramente inventadas,por uma pessoa que esta num momento de confusão com os ensinamentos bíblicos,se ha´sabedoria para resgatar e tratar,só faltava agora isso ser um mal!!!!! Me poupe.

regino disse...
04 dezembro, 2013 17:28

a verdade é que o g12 nao tem nada espiritual e sim material..é uma douteina pagã ,,,que está levando muitos para o buraco da morte espiritual

regino disse...
04 dezembro, 2013 17:32

com toda certeza é um falso ensinamento....uma doutrina pagã que nao tem nada espiritual e sim material,,tudo pra arrastar multidoes para serem escravos do falso evangelho,,,

On Line

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
 

Copyright 2008 All Rights Reserved Revolution Two Church theme by Brian Gardner Converted into Blogger Template by Bloganol dot com

^